Tipos de saída

Você sabia que existem dois tipos de saída olímpica na natação?

1ª saída: Convencional (grab start, na raia 3) é realizada com os dois pés paralelos na borda frontal do bloco de partida. Esta saída tem como característica uma grande potência de impulsão, porém, sua velocidade de reação é mais lenta.

 

2ª saída: Atletismo (track start) é realizada com um dos pés na borda frontal e outro próximo da borda traseira do bloco de partida. Diferente da saída convencional a saída de atletismo possui uma velocidade de reação muito mais rápida, entretanto sua potência de impulsão é diminuída pelo fato de ter somente uma das pernas na parte da frente do bloco.

 

 

Atualmente a maioria dos nadadores utilizam a saída de atletismo, mas isto não quer dizer que ela é melhor que a outra. Existem nadadores que utilizam a saída convencional ocasionando uma reação lenta na partida, mas resultando em uma potência maior no voo e parte submersa,conseguindo muitas vezes superar a velocidade de reação mais lenta.

 

Uma saída envolve mais do que somente a posição inicial no bloco de partida, envolve o voo, a angulação de entrada na água, o alinhamento do nadador com a água, o nado submerso, o breakout (quebra da superfície com a primeira braçada). Resumindo, a melhor saída será aquela que você se adapta melhor.

 

Texto de autoria do professor Bruno Bertotto